#10 Gravidez Gemelar | A primeira morfológica do terceiro trimestre!

Ontem foi dia de ecografia morfológica. A noite anterior tinha sido agitada, pois os meninos não paravam quietos, e a mamã passou a noite cheia de azia e às voltas na cama sem conseguir dormir... 


Começámos a ecografia pela Carolina, que está com um percentil 51, peso estimado de 1432g, e está novamente pélvica! Ou seja... deu a volta outra vez! Está explicada a má noite não é menina Carolina! :) Agora sinto os pontapés dela quase na virilha esquerda e a cabeça quando se esperguiça fica bem espetada do lado esquerdo superior da barriga. Todos os orgãos estão a desenvolver como é esperado e nas palavras da Dr.ª Sónia: "Esta miúda está um espectáculo"

O Daniel tem a cabeça bem encaixadinha lá em baixo do lado direito, na posição cefálica. Isso dificultou a captura de imagens para medição do perímetro cefálico, mas depois de muita ginástica lá se conseguiu! Tem menos de 100g a menos que a irmã 1346g, e está no percentil 32. Também está com um desenvolvimento normal, e foi um simpático e pôs a cara para cima para podermos ver bem todos os detalhes! Até abriu e fechou a boca mesmo que estávamos a ver a cara :)


Estas diferenças de percentil entre eles, segundo a Dr.ª Sónia, não têm grande expressão, como aliás se verifica na diferença de peso minima. Nos gémeos é normal que no último trimestre haja grandes alterações de percentil pois nunca engordam tanto como numa gravidez normal. De qualquer forma, estes dois estão super bem constituidos!

O útero da mamã e respectivo colo, também estão de boa saúde, com a espessura ideal e sem qualquer indicação de dificuldades em segurar os dois meninos lá dentro por mais uns tempos!

Tenho para mim, que à semelhança de toda a gravidez, também para o parto não vai haver stress nenhum... chegam ás 38 semanas, marcamos um dia, e vamos para o hospital para tratar do assunto! Tudo tranquilo, tal como até aqui!

Na próxima semana temos consulta com a Dr.ª Filomena, e iremos saber a opinião dela sobre a manutenção ou o abrandamento do repouso, e o desenvolvimento da gravidez.

Sem comentários: